Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PROSAS VADIAS

PROSAS VADIAS

29.Mar.08

Portugal: a releitura do outro.

carlosfreitas
O relato de viagem, do estrangeiro, sobre um qualquer lugar visitado, estabelecia a visão do outro sobre o autóctone. As recordações e memórias, necessariamente confrontadas com uma realidade que é, à partida, desconhecida, face a um desconforto  provocado pela diferença linguística,  era Pessoa que afirmava que a língua é a minha Pátria,  de usos e costumes diferenciados, implicam, quase sempre, uma leitura que ornamentava uma superioridade cultural do viajante, (...)