Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

PROSAS VADIAS

PROSAS VADIAS

17.Ago.10

Rentrée do ilusionista

A cartola do Coelho está esgotada. Agora apenas saem, quando saem, uns periquitos, meios raquíticos, a que chamam testas-de-ferro. Servem para explicar, por outras palavras, o que o ilusionista de serviço,por falta de vocação, já não disfarça durante a execução dos truques. Já ssó  consegue fazer meio truque. Sofia Loureiro dos Santos, deixa a pedra de toque, embora essa não me pareça ser a sua verdadeira intenção, é somente uma ilação minha, após uma leitura atenta do seu "post " : a de que Marcelo Rebelo de Sousa, daria um bom Primeiro-Ministro. Se o P.S.D. sabe disto, lá se vai o Coelho, a caixa e as "partenaires" de serviço. É que uma imitação meio descolorida de Cavaco Silva, após a rodagem do carro à fFgueira da Foz, só acontece uma vez na vida. O homem tem um discurso titubeante, errante,  imagem deslavada e a quem o fraque do ofício parece farda de porteiro de pensão decadente.

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.