Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

PROSAS VADIAS

PROSAS VADIAS

25.Mar.08

Não tenho problemas apenas um pouco de sinusite

 

Acordei um dia destes e resolvi mandar pôr uma madeixa no cabelo, precisamente na nuca. Nem eu a vejo, nem ela me vê a mim. Resolvi andar por aí a passear uma madeixa no cabelo. Não foi descuido de água oxigenada, a madeixa possui "pedigree". É madeixa colorada que mancha a paisagem liofilizada, da opinião estremunhada perante um individuo com uma madeixa no cabelo. Bem sei que o problema reside na idade. Que dirão os que me conhecem. Se nunca lhes perguntei porque é que estão a ficar carecas. Porque é que os cabelos brancos começam a abundar freneticamente. Não tenho qualquer tipo de preocupações em saber se uma madeixa no cabelo particular é pós moderna ou troglodita. Não tenho problemas de madeixas. Nem de caspa. Nem problemas às madeixas. Nem com madeixas, nem sem elas. E não preciso de uma madeixa para me sentir bem comigo mesmo, basta-me não padecer de sinusite . Simplesmente. 

 

Depois de escrito

      Estou farto de ler por aí que os blogs são umbiguistas. Diaristas. Etc. e tal. Hoje resolvi sê-lo. Antes sê-lo. Esta discussão em torno da essência da blogovida, da blogoesfera, parece obtusa. A cada blog a sua. A cada autor a ausência de caminhos preconcebidos. O resto são cantigas de escárnio e mal dizer. E o que por aí anda de mal dizer, de mal escrever. Deixem-nos andar. Qual blogs, qual carapuça. O que interessa é que o mundo é mais do que isto dos blogues. Quero eu lá saber da linkagem ou da deslinkagem. Sou mais pela blindagem. Eis um blog blindado. Mas só hoje. Amanhã não sabemos. Nem interessa. Tenham então um Bom Dia, uma Boa Tarde ou uma Boa Noite. Se for importante.