16
Jan 14

 

 

Propõe o partido Social-Democrata, referendar o postulado da co-adopção infantil entre casais de um mesmo sexo, assunto que fora em tempos decidido pela assembleia dos ilustres representantes do povo. Podiam voltar a resolver a questão sem consulta popular, entre eles outra vez.  Referendar, seja o que for, para além do custo da consulta popular, da social questão fracturante, despropositada na actual situação, da questão da disciplina de voto exigida aos seus deputados, vai permitir o exercício do gáudio que, certamente, percorrerá o país quando o governo decidir referendar a questão, junto dos portugueses. Não se vislumbra que os portugueses se mostrem de alguma forma preocupados, interessados, em decidir sobre o assunto. Mudem de assunto, referendem outra coisa,  referendem o que se deve fazer com o Universo, as "chuvas ácidas" ou a questão da masturbação entre os crocodilos do Nilo, por exemplo.

 

 

 

Foto Andre Kertesz, sixth-avenue, 1959

publicado por carlosfreitas às 00:33

eXTReMe Tracker
Carlos Freitas Almeida Nunes
pesquisar
 
pesquisar
 
arquivos
RSS
blogs SAPO