19
Fev 13

Deixo aqui, com algumas emendas ao texto original, pedindo desde já desculpa pelo facto, mas igualmente por não as achar coadunáveis com o tempo, alterando deste modo o espirito do hino: do hino que todos cantam!

 

 

Nós teremos que vencer

 Nada temos a temer  

Da invasão capitalista.

Já existe a Legião,  Ao vento solta o pendão,  

Combatendo o capitalista.

 Não voltamos ao passado,  

Acabou o revoltado,  

Disso temos a certeza;

 E mais tranquilos andamos  

Porque todos confiamos  

Na Legião Portuguesa.

 Reparai no seu marchar,  

Os braços a oscilar,  

Elevando a mão ao peito.

 Garbosos e aprumados,  

São verdadeiros soldados  da ordem e do respeito.

 Ele é um soldado unido,  

Quer na paz ou quer no perigo,  

O seu lema é avançar.

 Respeita o seu comandante,

 Gritando sempre: Avante!  

Por .... (aqui colocar o nome que quiser)! (idem, aspas)!

publicado por carlosfreitas às 13:02

eXTReMe Tracker
Carlos Freitas Almeida Nunes
pesquisar
 
pesquisar
 
arquivos
RSS
blogs SAPO