02
Nov 09

Por estes dias iremos assistir ao braço de ferro entre o fecha - não fecha. Cidadãos-pais versus ministério da educação. Num país de trafulhas quase apetece escrever que não há campanha que vos valha. Nem gente com G grande que consiga impor as decisões acertadas. Até porque a decisão principal é normalizar, incutir e deixar andar. Calar os jornais e televisões será difícil até porque estamos todos no mesmo barquinho.

publicado por carlosfreitas às 14:32
tags:

eXTReMe Tracker
Carlos Freitas Almeida Nunes
pesquisar
 
pesquisar
 
arquivos
RSS
blogs SAPO