16
Jul 09

 

Acho que por exemplo um regime democrático não devia permitir, tolerar, a perpetuação seja lá de que forma for (eleitoral, por ex.) de um individuo (seja ele qual for) durante mais de dois mandatos num cargo politíco. Tal como num regime totalitário a permanência no poder num regime democrático ao longo de décadas dá azo a tiques totalitários. Daí que uma futura Constituição deva igualmente tomar esse princípio (ou reforça-lo) em linha de conta, reduzindo a possibilidade de candidatura a um mesmo cargo politíco a duas legislaturas. Alguns ainda se lembram que da Democracia nasceram ditadores. Daí que é isso q'eu acho.

publicado por carlosfreitas às 22:11

eXTReMe Tracker
Carlos Freitas Almeida Nunes
pesquisar
 
pesquisar
 
arquivos
RSS
blogs SAPO