09
Jul 09

 

Voltando um pouco (um pouco é favor, pois precisamos de recuar até 1845) atrás e à verdadeira essência deste blogue mostramos um pequeno pormenor de uma carta (provavelmente topográfica) datada de 1845, onde se mostra o Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra e as variadas ocupações que foram dadas, após a extinção das Ordens religiosas, ao referido Mosteiro e seus anexos. Onde hoje é o Café de Santa Cruz, existia na época a Igreja de S. João. A Câmara Municipal mantém-se no mesmo local, onde hoje a podemos encontrar, no entanto onde está hoje o edifício da Caixa Geral de Depósitos existia o denominado Pátio da Bica (onde alimárias e homens podiam aliviar a sede, pois era por aqui que, vindos do norte, os viajantes entravam na cidade), mais à frente, na Rua da Sofia, a "extinta Inquisição", e por ai fora. É assim algo que só interessados nas transformações por que foi passando esta cidade poderão apreciar. Ou seja este é um verdadeiro acto de amor pela cidade, não esses que andam por aí a ser propagandeados pelos excelentíssimos dinossauros da política local, localista ou municipalista, como se queiram chamar.

publicado por carlosfreitas às 14:38

eXTReMe Tracker
Carlos Freitas Almeida Nunes
pesquisar
 
pesquisar
 
arquivos
RSS
blogs SAPO