23
Jun 09

Já não é de ontem mas o fecho de Belgais não tem razão de existir até como frase. Embora boa parte da sociedade que se diz bem pensante esteja tão calada que o som do seu rumor impressiona. Somos país de pequenas e ruminantes invejas. Um país que não consegue fazer sobreviver o projecto de Belgais, pretende contudo enterrar milhões em absurdas linhas de TGV. Saramago, não sei se disse ou escreveu, mas constou-me que afirmara que se escreve mal nos blogues. Sim, é verdade. Cada vez mais se escreve muito mal nos blogues sobre o país. Um país onde a Justiça não funciona. Não defende os fracos dos fortes. Os "pés-descalços" dos poderosos. Também ele se refugiou, embora a Viagem do Elefante percorra o Portugal que ainda guarda memórias identitárias, nas terras de Lanzarote. Maria João essa partiu para o Brasil cansada e doente, farta deste país de caciques e bojardolas (a palavra não existe, nasceu assim das teclas do computador). Arrestar Belgais é a solução, enquanto felgueiras, loureiros e quejandos utilizam a palavra democracia despindo-a de qualquer significado. Somos um país de refugiados que habitamos cá dentro. Como escreveu Paulo Varela Gomes, ele que também se refugia, numa das suas belíssimas crónicas no jornal Público, "Faz-me falta o ar condicionado e confiança no progresso".

Até amanhã.

publicado por carlosfreitas às 19:59
tags:

eXTReMe Tracker
Carlos Freitas Almeida Nunes
pesquisar
 
pesquisar
 
arquivos
RSS
blogs SAPO