29
Jan 09

O Caso que está na moda não tem comentários possíveis aqui, ora pela falta gritante de provas, ora devido ao vício de tudo se transformar em novelas, cabalas e ocultismos. Atente-se aqui no exemplo histórico de Tomás Vasques. Por isso amanhã já sabemos, há conquilhas outra vez. A necessidade de não esquecer quatro anos de desvario não devia levar a tanto. É que nem faz sol, nem chove como deve ser.

publicado por carlosfreitas às 19:24

eXTReMe Tracker
Carlos Freitas Almeida Nunes
pesquisar
 
pesquisar
 
arquivos
RSS
blogs SAPO